alt
O Jornal que Registra a Informação pra Você!

SJP: Espetáculo “O Vale Encantado” da Escola da Cultura reuniu grande público

O Vale Encantado Foto Gabriela StallA Secretaria de Cultura de São José dos Pinhais, através da Escola da Cultura, realizou no sábado (22) o espetáculo “O Vale Encantado”, no Centro de Esporte e Lazer Ney Braga. Esse foi o principal evento das turmas de Ballet, Jazz e Hip Hop da Escola da Cultura que, ao longo do ano, se preparam para a apresentação.

Leia mais...

SJP: Artista Carlos Rossi participa neste sábado (22) do Jardim das Artes



carlos-rossi-arquivo-pessoalNeste sábado (22), o Museu Municipal Atílio Rocco realiza o Programa Jardim das Artes com o artista Carlos Rossi.

Leia mais...

SJP: Escola da Cultura apresenta neste sábado (22) o espetáculo de dança “O Vale Encantado”

escola de cultura foto ary portugal-0516
                         O musical irá contar com mais de 280 alunos, das turmas infantil e da adulta

Leia mais...

Evento marcou o encerramento do Projeto Socioambiental do Rio Ressaca Trecho III

 parque linear rio ressaca edison renato-63                                                    Centenas de famílias prestigiaram o evento 

No último sábado (9), centenas de famílias participaram de uma grande festa, no bairro Boneca do Iguaçu, para comemorar o encerramento das atividades do Projeto Socioambiental Parque Linear Rio Ressaca Trecho III, realizado pela Prefeitura de São José dos Pinhais em conjunto com a empresa CJK e Sanepar.

A criançada se divertiu com os brinquedos infláveis, cama elástica, camarim de pintura, atrações culturais e artísticas, e com a distribuição de pipoca, algodão-doce e maçã do amor. “Está bem legal porque, além de a gente se divertir, a gente conhece vários amigos”, disse Luisa Diniz Pimentel, 9 anos, que esteve acompanhada do irmão e da mãe, Jael Diniz. “A festa está muito boa, muito bonita. Vim prestigiar o encerramento desse projeto tão bacana que é realizado pela Prefeitura com várias parcerias”, comentou Jael.
Além das crianças os adultos também contaram com atrações como o Ônibus do Lazer da Secretaria de Esporte e Lazer, além da distribuição de mudas de hortaliças pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento e divulgação de serviços da Secretaria de Meio Ambiente.

O aposentado Anselmo Bortolan, 73 anos, um dos moradores mais antigos da região, conta que conviveu durante muitos anos com os problemas causados pelas cheias, acompanhou de perto a transformação do local e hoje comemora. “Conheci o rio nos anos 50 e pouco, na minha mocidade, pesquei lá diversas vezes e peguei muitos bagrinhos. Só que virou uma valeta de esgoto e, hoje, graças a esse projeto, ele está voltando a ser um rio. E se Deus quiser, daqui uns tempos eu vou voltar a pescar nele novamente”.

O evento contou ainda com o plantio de árvores e entrega de certificados aos moradores e às oito Escolas e oito Centros Municipais de Educação Infantil, que foram envolvidos durante o projeto socioambiental.

Projeto

O trabalho técnico social realizado no Trecho III consistiu na soma de ações desenvolvidas pela Administração Pública nos períodos pré e pós ocupação, tendo como objetivo promover a participação social de cerca de 4.800 famílias em todo o processo, bem como na nova moradia, a fim de uma melhora significativa nas condições de vida e convívio com o meio ambiente e sociedade.

“Às margens do rio, nós tínhamos mais de 200 famílias que estavam numa situação muito precária e comprometendo a vida do rio. Então foi realizado o projeto de reassentamento dessas famílias numa parceria com o Governo Federal”, explicou a secretária de Habitação Rita Meyer.
Com quatro módulos principais nas áreas de infraestrutura; segurança alimentar e nutricional; resíduos sólidos, trabalho e renda; o trabalho socioambiental abordou assuntos como a valorização do patrimônio, medidas de educação voltadas para a parte socioambiental, coleta seletiva de lixo, relações com os vizinhos e programas de integração e participação no condomínio, além da sensibilização na conservação da bacia e entorno que compreende o trecho entre a Avenida Rui Barbosa e a Alameda Bom Pastor, no bairro Ouro Fino. As famílias foram assistidas por uma equipe multidisciplinar composta por técnicos e profissionais, como assistentes sociais, educadores sociais e recreacionistas.

“O projeto ficou entre as melhores práticas de empreendimentos, com recursos operados pela Caixa Econômica Federal e, agora, está concorrendo a um prêmio internacional, em Dubai, entre os melhores projetos do mundo”, afirmou Leonardo Sobreira, representante Caixa Econômica Federal.

(Foto: Divulgação)

Alunos paranaenses estão na 3ª fase da Olimpíada Brasileira de Química

alunos quimica
Os estudantes Jéssica Cristina Ferrarini, de 17 anos, e Elizeu Daniel da Silva, também de 17 anos, serão os representantes da rede estadual de ensino do Paraná na terceira fase da Olimpíada Brasileira de Química (OBQ), que tem provas marcadas para o dia 27 deste mês. A etapa nacional da competição vai reunir estudantes do terceiro ano do ensino médio das redes pública e particular.

Leia mais...

Candidatos a prefeito podem participar da Agenda da Primeira Infância

educacao leitura
Os candidatos a prefeito nas eleições deste ano poderão mostrar que, se forem eleitos, darão prioridade à infância aderindo à Agenda prioritária para a primeira Infância: qualidade e equidade nas políticas públicas, na internet. Isso significa que eles se comprometerão, por exemplo, a ofertar educação infantil de qualidade, dar prioridade no acesso a creches para famílias em situação de vulnerablidade; garantir espaços para o brincar e a formar profissionais que lidam crianças nessa faixa (até 6 anos).

Leia mais...