alt
O Jornal que Registra a Informação pra Você!

Pinhais é premiada no congresso paranaense de cidades digitais

Pinhais Digital        Assim como na edição anterior do evento, Luizão Goulart recebeu a certificação de Prefeito Inovador

Teve início nesta quinta-feira (24) em Maringá, o 4º Congresso Paranaense de Cidades Digitais.

Assim como na edição anterior do evento, Luizão Goulart recebeu a certificação de Prefeito Inovador, como reconhecimento pelos investimentos em tecnologia realizados no município.

Segundo Luizão Goulart, a finalidade em avançar nesta área é aperfeiçoar o serviço público, em suas mais variadas vertentes. “A intenção é melhorar a vida das pessoas ampliando o acesso, pois vemos que muitas coisas ainda são burocráticas. Esta é uma oportunidade de trocarmos experiências conhecendo a realidade de outros municípios”, ressalta.

A respeito deste tema, a prefeitura de Pinhais é considerada referência porque investe em tecnologias, com o objetivo de ampliar o acesso da população a diversos serviços, além de promover a segurança dos dados públicos. “Se hoje Pinhais é considerada uma cidade digital isso se deve aos investimentos realizados nos últimos anos, resultado do entendimento de que a tecnologia é algo extremamente importante”, afirma o diretor de Tecnologia da Informação, Anderson Tanck.

Também receberam a certificação no congresso em Maringá, os prefeitos de Engenheiro Beltrão, Jacarezinho, Ortigueira, Maringá, Palmas, Paiçandu, Guaíra, Cafelândia, São Miguel do Iguaçu, Santo Antônio da Platina, Toledo, Londrina e Telêmaco Borba.

O evento, realizado pela Rede Cidades Digitais, reúne gestores públicos e interessados na área para debater e apresentar iniciativas que modernizam e geram eficiência nos serviços públicos, por meio dos investimentos em tecnologia. A atividade terá continuidade nesta sexta-feira (25). No ano passado, o congresso foi realizado no município de Pinhais.

Com o lema “Construindo novos modelos de municípios inteligentes”, de acordo com a organização do evento, o congresso trata de políticas públicas e como a tecnologia pode melhorar a gestão e a vida das pessoas por meio do acesso a soluções de mercado, modelos em andamento nas localidades e iniciativas.

(Foto: Divulgação)

Comente esta notícia